ERA UMA VEZ UM BATIZADO! FRANCISCA

 

Fechámos uma semana agitada com chave de ouro.
Fomos ao encontro da Francisca e da família, uma família que veio de longe, quem sabe se da terra onde moram os sonhos.
À distância prepararam uma tarde inesquecível para a família e amigos que quiseram marcar presença.

A aventura começou na Sé de Lisboa onde disputámos flashes com os magotes de turistas que por lá também passaram.
A Francisca andou de colo em colo, sempre bem disposta, olhos numa cor que mistura céu e mar de quem vê muito além do mundo. A birra só chegou mais tarde, na falta do biberão e à medida que a barriga reclamava o aconchego de conteúdo.

Depois a comemoração: o Páteo Alfacinha recebeu-nos, cheio de cor e vida, com uma decoração a transbordar bom gosto e foi lá que registámos esta primeira memória que hoje mostramos.
Porque há dias felizes, porque há dias assim.
Porque há famílias que ficam tão bem aqui, no Qatar ou em qualquer outro lugar do mundo.
Porque há famílias que moram longe, em lugares de que não sabemos a cor e que queríamos ter sempre assim:

12 de Agosto de 2015

Comment